Buscar
  • Marcos Cintra - Diário de S. Paulo

Erro do PT


Em 2003 o PT encontrou o caminho pavimentado para implementar ações sociais de grande envergadura. Os benefícios das privatizações, da abertura externa e da política de, estabilidade macroeconômica dos governos anteriores deram condições para a adoção de um amplo programa de redistribuição de renda, a grande bandeira petista. O desemprego em queda, a renda em alta e os programas de assistência social tiveram efeito político magnífico para o governo petista, que apenas preferiu curtir esse impacto. O partido se acomodou quando deveria ter aproveitado o momento para implementar uma nova rodada de reformas para tornar a economia brasileira mais competitiva. Faltou competência para o PT qualificar trabalhadores, ampliar a infraestrutura e conduzir a reforma tributária. ​ É difícil ter trabalhadores qualificados como o mercado exige hoje com uma educação fundamental de péssimo nível como a brasileira.. Em termos de infraestrutura pouco foi feito. As recentes concessões de aeroportos e na área de logística ocorreram por necessidade de momento e não por conta de uma visão estratégica do governo No âmbito tributário, os remendos aumentaram a carga de impostos e deixaram a estrutura mais complexa. ​ O PT defende um Estado "grande e forte". Essa visão deveria ter sido adotada para dar continuidade às reformas iniciadas nos anos de 1990. O Partido deveria ter feito aqui o que a Coreia do Sul fez há muito tempo ao investir pesado na educação. Deveria ter sido implacável na punição da corrupção que desvia dinheiro público para financiar políticos. Deveria ter implementado projetos de infraestrutura em parceria com q setor privado visando eficácia com eficiência. Deveria ter feito uma reforma trabalhista acabando com o absurdo de um trabalhador custar para uma empresa mais de 100% do seu salário e ter tido a coragem para fazer uma reforma ampla e profunda em um sistema tributário que penaliza a classe média e a produção. O comprometimento da competitividade brasileira hoje se deve muito ao erro do PT.

#marcoscintra #diario #ARTIGOS #2012