Buscar
  • Comentários do momento

CPMF é o tributo que causa menos impacto


O Brasil vive uma crise fiscal preocupante. Em 2016 o rombo no orçamento federal está projetado em R$ 30,5 bilhões e será coberto com mais impostos. A equipe econômica estuda aumentar a tributação sobre combustíveis, o Imposto de Renda e o IPI, por exemplo, e recriar a CPMF. Nos estados os governadores falam em majorar o ICMS e o IPVA. O grande tema em discussão se refere à volta da CPMF. Esse é um tributo que vem sendo tratado de modo preconceituoso por conta dos mitos que foram criados em torno dele. Seus críticos exaltam tanto que ele é regressivo e pesa muito sobre os consumidores, mas isso foi desmentido em um estudo da USP que mostra que a CPMF era o tributo mais harmonioso do país e representava apenas 1,3% na cesta de consumo do brasileiro. O ICMS, tido pelos críticos da tributação sobre movimentação financeira como um imposto justo, é um dos mais prejudiciais. É preciso ter coragem de divulgar esses trabalhos e, assim, derrubar as falsas teses que desinformam e que só agradam a uma minoria que se beneficia com a atual estrutura tributária. Veja abaixo a tabela resumo do estudo citado e aos interessados disponibilizo o trabalho no link "Parâmetros Tributários da Economia Brasileira"

#cpmfblog #Comentáriosdomomento