Buscar
  • Comentários do momento

Michel Temer anuncia R$ 1,5 bi em reunião do Conselho de Ciência e Tecnologia


O presidente da República, Michel Temer, recebeu nesta quinta-feira (10) os membros do Conselho de Ciência e Tecnologia (CCT) e representantes de entidades vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para uma reunião no Palácio do Planalto e anunciou R$ 1,5 bi para quitar restos a pagar do ministério. O encontro, que também teve a presença do ministro do MCTIC, Gilberto Kassab , reativou o conselho - a última reunião do CCT havia sido em 2014. Na terça-feira (8), foram nomeados 28 membros titulares e suplentes, por meio de decreto publicado no Diário Oficial da União. O presidente da Finep - Inovação e Pesquisa , Marcos Cintra , esteve presente, representando a financiadora.

Temer começou sua fala afirmando que planeja realizar uma outra reunião do conselho, principalmente para tratar de assuntos de natureza orçamentária. Em seguida, ele disse que em conversas com outros chefes de governo, fica evidente que "a ciência e a tecnologia são tendência ao redor do mundo e que, por isso, fica feliz de reativar o CCT". Além disso, Temer vê a inovação e a tecnologia como um importante instrumento de geração de emprego. "Queremos um estado eficiente via ciência, tecnologia e inovação. Acreditamos no Estado como indutor dessa trinca para a construção de um futuro forte, com geração de empregos", disse o presidente.

Kassab explicou que a destinação orçamentária para quitar pendências de todo o governo federal vem sendo negociada pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. "O anúncio destes recursos é muito positivo, e esperamos que possa vir mais ao longo das próximas semanas ou dos próximos meses, o que nos permitirá avançar mais ainda na questão de restos a pagar."

Temer seguiu o discurso falando que o Governo tem pela frente o desafio de conceber e implementar ações que fomentem uma “cultura do conhecimento” e, além disso, apoiar, de forma ampla e decidida, a inovação empresarial. Completou dizendo que "o caminho é incentivar o espírito empreendedor no indivíduo que possui o talento científico e que, dessa forma, o Brasil poderá se igualar aos parâmetros mundiais de qualidade tecnológica". “Se você tem um país tecnologicamente avançado, você tem um país extremamente respeitado”, afirmou.

O presidente também salientou que é impossível transferir toda a responsabilidade sobre a tecnologia para o setor privado, que sempre será necessário da participação do Governo. Em seguida, falou sobre o ajuste fiscal que o Governo vem promovendo. Temer encerrou sua fala afirmando que “o conselho reflete o nosso engajamento na consolidação de um Brasil mais forte e mais próspero, um país afinado com o presente e habilitado a participar de um futuro melhor para todos. Se a ciência e a inovação tecnológica não tiverem amparo, ninguém terá futuro melhor”.

https://goo.gl/pR2CIy

#finep #ciencia #Comentáriosdomomento