Buscar
  • Comentários do momento

Assumi o Conselho da Embrapii


Neste mês de dezembro passei a fazer parte do Conselho Administrativo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial. Trata-se de uma instituição que atua compartilhando riscos de projetos com empresas visando estimular inovações na indústria e elevar a competitividade da produção nacional.

Matéria completa:



O presidente do Conselho de Administração da EMBRAPII, Pedro Wongtschowski, deu posse a três novos membros na última reunião, realizada no dia 2 de dezembro, em São Paulo. São eles: Eline Neves Braga Nascimento, representante do Ministério da Educação, Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, representante da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), e Humberto Luiz de Rodrigues Pereira, representante da ANPEI (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras). A posse contou com a presença do ministro de Ciência, Tecnologia,Inovação e Telecomunicações, Gilberto Kassab.


Conheça o perfil dos novos membros:


Eline Neves Braga Nascimento Secretária de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação. Formada em psicologia pela Faculdade Franssinete do Recife (Fafire), tem capacitação em gestão de recursos humanos pela Universidade de Berkeley (EUA), especialização em metodologia do ensino superior (UFPE) e mestrado em psicologia social pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na UFPE, coordenou projetos de extensão e pesquisa próprios e realizados em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).


Marcos Cintra Presidente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), o economista Marcos Cintra é conhecido por ser o autor da proposta do Imposto Único. Detentor de quatro títulos pela Universidade de Harvard (EUA): Bacharel, Mestre e Doutor em Economia e Mestre em Planejamento Regional, é também professor-titular da Escola de Administração de Empresas de São Paulo – EAESP/FGV, onde, desde 1997, é Vice-presidente. É conselheiro da Associação Comercial de São Paulo, da FIESP; da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio) e presidente do Conselho da Federação de Serviços do Estado de São Paulo (Fesesp). Desde 1993, tem ocupado diversos cargos públicos: secretário municipal de Planejamento de São Paulo (1993); vereador da Câmara Municipal de São Paulo (1993-1996); deputado federal (1999-2003) e presidente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados (2001); secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo (2003-2006). Foi ainda secretário municipal do Desenvolvimento Econômico e Trabalho de São Paulo de 2009 a 2012 e subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo de 2013 a 2014.


Humberto Pereira Graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG em Engenharia Mecânica, com ênfase em Aeronáutica, especializou-se em Estruturas Aeronáuticas pelo ITA –Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Possui experiência de 30 anos em desenvolvimento, certificação e suporte à operação de jatos comerciais e executivos produzidos pela Embraer, tornando-se referência na área de Engenharia e Tecnologia para o Desenvolvimento de Novos Produtos e Processos. Liderou Projetos de Inovação em Tecnologias e Processos do Desenvolvimento do Produto junto a fornecedores e órgãos governamentais certificadores. Responsável por assegurar a aplicabilidade de diversos projetos de desenvolvimento tecnológico em produtos aeronáuticos. Atualmente é Vice-Presidente de Engenharia e Tecnologia na Embraer.


Os novos conselheiros assumem as vagas de Abilio Baeta Neves, pelo MEC, de Pedricto Rocha Filho, pela Finep e de Carlos Calmanovici , pela ANPEI.


O Conselho Administrativo da EMBRAPII tem 15 membros, além dos três diretores da EMBRAPII. Ele é composto por representantes de empresas, da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da CNI, do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do MCTIC, do MEC, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), do Sebrae e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).




#marcoscintra #ciencia #Comentáriosdomomento