top of page
  • Marcos Cintra

Nada de novo no quartel de Abrantes

Muitos críticos a Milei o qualificam de anarco-capitalista, anarquista, desequilibrado e aventureiro.


No entanto, todas suas propostas são tradicionais medidas que qualquer liberal apoiaria.


Apenas seu estilo é diferente: histriônico, ousado e comunicativo. Como político de palanque, deu certo.

Todos sabemos as dificuldades que terá, mas na situação terminal na qual a Argentina se encontra, intoxicada pelo peronismo, o caminho mais radical é o mais viável para romper o status quo.


Reduzir gastos, cortar burocracia pública, estimular a iniciativa privada e defender a liberdade individual, ampliar o relacionamento com os EUA e Israel são propostas convencionais para qualquer liberal convicto.


Não vamos pre-julgar pela roupagem de Milei. A prova do pudim é no comer.



Comments


Topo
bottom of page