top of page
  • Marcos Cintra

Nos tempos democráticos do amor e da picanha… e das boquinhas: Patacoada Nº 34

Vejam o que diz o presidente da Câmara dos Deputados sobre a reforma tributária.


“ …medidas importantes para facilitação da angariação de votos do plenário dependem de medidas econômicas do Ministério da Fazenda, dependem de medidas políticas do governo, de articulação também do governo com entes federativos e também com o setor privado.”


O tema de maior importância na vida econômica brasileira foi reduzida a uma troca de favores, a articulação(???) Nem uma palavra sobre o contribuinte, e sobre o que é bom para a economia brasileira. Tudo depende do que o governo pode oferecer aos parlamentares para comprar a consciência e o voto deles.


É isto que pensa o presidente Lira. Ele coloca os parlamentares em posição inferior ao mais abjeto esgoto da política. Meros peões em um tabuleiro com um preço a ser negociado com a Fazenda.


Triste ver a que lixo foi reduzido o espírito público de nossos deputados, segundo o presidente Lira.


Ele atribui a todos os deputados as suas próprias concepções de vida pública, e os trata como massa de manobra.

Topo
bottom of page