top of page
  • Marcos Cintra

A quem interessa a regulamentação do UBER?

Aos sindicatos e ao governo, claro!


A expansão acelerada e socialmente sancionada pelas preferências dos consumidores recebe um ultrajante mata leão do governo.


A regulamentação reprime a concorrência livre e saudável que já se formou (taxis por plataforma, 99 e outros) no entorno dessa inovação.


O que virou uma alternativa de trabalho robusta e de grande penetração no mercado vai sendo estrangulada por essas idiotices que os próprios uberizados não desejam.


Eles não são hipossuficientes para ignorarem o que é bom para eles; e sabem como negociar os termos de seus contratos de trabalho com as plataformas e com os consumidores.


A quem interessa?


Aos sindicatos e aos governos que desejam continuar controlando os seus rebanhos.

Comments


Topo
bottom of page