Buscar
  • Marcos Cintra - Folha de S.Paulo

José Serra e a imbecibilidade


A questão do Imposto Único deixou marcas permanentes no debate tributário nacional. Hoje, todos falam em diminuir a quantidade de impostos, reduzir alíquotas, descomplicar o sistema, desonerar exportações. Além disso, a proposta provoca ódio e hostilidade em parte de alguns opositores, compreensível enquanto reação daqueles que defendem seus interesses corporativistas. Difícil é entender o motivo desta reação, quando partida de um acadêmico como José Serra, deputado federal e candidato ao senado.

Tomei conhecimento dela nesta última quinta-feira, em Presidente Prudente, onde estive proferindo palestra no Instituto Toledo de Ensino, durante as solenidades da Semana do Economista, quando falei sobre o Plano Real e sobre o Imposto Único. Por ocasião das perguntas, um aluno quis saber minha opinião a respeito da declaração de José Serra, dias antes, naquele mesmo conclave, de que o Imposto Único seria uma "imbecilidade". Em face de minha surpresa, a audiência sustentou que o parlamentar fizera esta indelicadeza.

O parlamentar jamais atuou abertamente na controvérsia deflagrada pela tese do Imposto Único. Manteve uma posição crítica, porém discreta, sem se deixar envolver em discussões mais acirradas. Por que tanta agressividade, agora, quando bastaria dizer "sou contra" e expor seus motivos? Seria melhor se partisse para uma luta mais leal com os partidários do Imposto Único. Ele tem sua coluna na Folha de São Paulo e eu tenho a minha. Eis as armas e o campo apropriados para o combate. Melhor e mais proveitoso do que agressões traiçoeiras.

Entretanto e a bem da verdade, importa deixar claro que— embora não o tenha inventado — José Serra é um dos grandes responsáveis pelo atual sistema tributário brasileiro. Pois, como um dos mais influentes deputados no Congresso Constituinte de 1988, ajudou a consolidar e consagrar um sistema deformado, ineficiente e profundamente injusto. Agora, curiosamente, preconiza reformas no mesmo sistema tributário que ajudou a criar — milagre típico de campanhas eleitorais!

MARCOS CINTRA, doutor em economia pela Universidade Harvard (EUA), e professor titular da Fundação Getulio Vargas.

Imprimir | Download PDF

#Folha #ARTIGOS #1994