top of page
  • Marcos Cintra

Modesto Carvalhosa e o Instituto Atlântico

Modesto Carvalhosa e o Instituto Atlântico deram início ontem em SP ao debate da mais fundamental das reformas: a Constitucional.


Deixo desde já o meu pitaco: em um regime presidencialista, como o nosso, membros de um poder deveriam ser proibidos de indicações em outro poder.


Por exemplo, se Rodrigo Pacheco quiser ser ministro de Lula em 2025, que renuncie ao mandato de Senador.


Chega de promiscuidade.


Commentaires


Topo

NOVOS ARTIGOS:

bottom of page