top of page
  • Marcos Cintra

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROGRAMAS DE GOVERNO DOS PRINCIPAIS CANDIDATOS

Já avaliou os programas dos candidatos? Veja o que pensa o Instituto Atlântico:


Programas de Governo não definem eleição, a menos de alguma declaração politicamente suicida. Contudo, há sempre uma certa curiosidade dos formadores de opinião – entre os quais imprensa, líderes na sociedade civil – sobre o grau de CONSISTÊNCIA E RELEVÂNCIA dos planos dos candidatos.


O Atlântico, Instituto de Ação Cidadã, organizou uma Análise Comparativa baseada em pontuação de 10 temas (cada tema pontuando de zero a dez) cujos assuntos nossa consultoria encara como absolutamente relevantes num programa desenhado para destravar e estruturar a economia brasileira. Portanto, o teste de RELEVÂNCIA do programa é feito por uma pontuação atribuída por especialistas do Atlântico, individualmente. Em seguida, uma média desses “escores” é tirada e somam-se os pontos obtidos em cada item, por candidato. Este é o primeiro sub-total da pontuação de cada um.


Para “ponderar” a pontuação de RELEVÂNCIA, que seria a “prova eliminatória”, criamos mais quatro critérios que reduzem ou elevam a pontuação anterior em até 8 pontos, para mais ou para menos. São os critérios de CONSISTÊNCIA, que examinarão se os candidatos sabem do que estão falando e se falam, afinal, coisa com coisa. Mas, atenção: tentamos não fazer qualquer juízo de valor conforme um padrão do tipo liberal, social-democrata ou socialista. Perseguimos apenas um padrão de racionalidade e coerência com a ideologia adotada por cada um.


Os pontos obtidos na CONSISTÊNCIA são somados algebricamente aos da RELEVÂNCIA, surgindo então o escore ou pontuação final de cada candidato. Abaixo estão os resultados alcançados, que falam por si. Alguns escores poderão surpreender. Por que o candidato “tirou zero” naquele item? Em geral, isso ocorre quando o tema nem ao menos é cogitado no Programa. Se algo é falado, bem ou mal, o candidato já começa a pontuar e, se oferece algum caminho ou proposta de ação – por mais sucinta que seja – já começa a passar de 5 pontos. Logo, a pontuação não foi “exigente”; reconhecemos que os programas são meras sínteses do pensamento do candidato e resumos de um texto maior.



Breve comentário


Evidencia-se a pobreza temática e falta de consistência quase absoluta dos Programas dos candidatos favoritos das pesquisas, ressaltando porque a execução dos programas dos eleitos deixa tanto a desejar.


Os candidatos meramente postulantes, que nunca foram ou são presidentes, têm muito mais cuidado com a consistência do que dizem. Pontuam bastante mais. Eles têm até fortes diferenças de abordagem, mas o Atlântico não pontuou conforme uma preferência determinada. Respeitaram-se as tendências políticas de cada um.

Ressalta a baixa qualidade do texto do atual presidente. A falta de cuidado é maior no campo econômico, justamente onde haveria mais “professores” dentro do time do governo para oferecer um texto menos dissonante e descuidado. Também é chocante o grau de improvisação do texto do líder nas pesquisas, Luiz Inácio Lula da Silva.

O Atlântico espera ter contribuído para oferecer sua opinião “aritmética” sobre os programas oficiais dos candidatos principais e torce para que os debates das próximas semanas possam iluminar melhor tantos pontos obscuros que importam muito para a vida e para os negócios de milhões de brasileiros.

São Paulo, 20 de agosto de 2022.

Programas de Governo dos Candidatos entregues no TSE

Jair Bolsonaro

Luiz Inácio Lula da Silva

Ciro Gomes

Simone Tebet



Este trabalho é uma contribuição de técnicos independentes sem viéis ideológico, e não necessariamente reflete as opiniões do Conselho ou Diretoria do Atlântico, Instituto de Ação Cidadã.



Atlântico, Instituto de Ação Cidadã – www.atlantico.org.br


Analise_Comparativa_dos_Programas_de_Governo
.pdf
Fazer download de PDF • 183KB

Comentarios


Topo

NOVOS ARTIGOS:

bottom of page